Rédeas o Brasil arrebentando mais um vez no EUA

colunista_lucianaomena_titulo

Lá fui eu, mais uma vez, ficar grudada no computador para ver tudo ao vivo de mais uma grande prova de Rédeas. Já disse que sou apaixonada por cavalos e Rédeas? Rsrsrs. De 13 a 19 de abril aconteceu em Katy, Texas, o 2015 National Reining Breeders Classic, no Great Southwest Equestrian Center. A categoria Aberta teve 15 conjuntos brasileiros e a torcida era grande.

Fazendo duas grandes passadas, João Felipe Lacerda venceu os Níveis 3 e 2 do NRBC Open 2015! Uma das provas de Rédeas mais aguardadas da temporada e bons resultados de brasileiros em mais uma edição. Thiago Boechat, que mora nos Estados Unidos há muitos anos, venceu o Nivel 4 em 2012. Cada vez mais os brasileiros são respeitados no mundo por sua qualidade técnica.

Com uma classificatória de quase 190 conjuntos, a prova teve uma disputa bastante acirrada. As passadas aconteceram nos dias 15 e 16, o dia todo, e passou ao vivo pelo site. Um a um, os brasileiros foram entrando em pista buscando uma sonhada vaga na grande final. Entre tantos destaques, João Felipe Lacerda e Gunner Dun It Again, do Tripol Ranch, que foram do Brasil para o Texas especialmente para esta prova, fizeram mais do que bonito.

Sem dúvida, o grande destaque. Os americanos se perguntavam: “quem são eles? de onde eles saíram?”. A primeira passada de João e Gunner marcou 221,5, a terceira melhor entre os quase 190 cavalos na classificatória. Garantidos na final, por si só, já era motivo de comemoração.

Para onde João Felipe olhava, em volta dele, aquecendo seus animais, só feras. Os melhores treinadores do mundo e grandes cavalos disputariam com ele o título. Mas todos acreditavam nas boas chances do conjunto. E eles não decepcionaram, marcaram 223 na final, que também passou ao vivo pelo site do NRBC no sábado, dia 19, e advinha? Fiquei grudada assistindo rsrsrs.

A nota foi espetacular, deixando João Felipe e Gunner Dun It em oitavo lugar Nível 4 e campeões Níveis 3 e 2. Além das fivelas, prêmios dos patrocinadores do evento, os títulos, o reconhecimento do mundo, a premiação de mais de US$50.000,00 somando os três níveis.

A participação brasileira não terminou por ai. Eduardo Salgado, Fernando Salgado, Franco Bertolani, Pedro Baião, Thiago Boechat, Roger Barral, Eduardo Ribeiro, Lorinaldo Gomes e também Gabriel Diano estiveram nas classificatórias.

Franco Bertolani apresentou três cavalos na classificatória e entrou com os três para a final Nivel 4: Chexmaster (terminando em 26°, nota 216), Lil Sadie Revolution (terminando em 25°, nota 217,5), Late Night Stopper (terminando em 19°, nota 219,5). Ele voltou para casa com US$15.600 em prêmios! Fizeram ainda a final do Nivel 4 Thiago Boechat, com Walla Whiz Affair (terminando em 16°, nota 221) e Gabriel Diano, com My Chics Got Guns (terminando em 22°, nota 218,5).

Mais Brasil em pista na final Nível 3, Fernando Salgado, com Steppin N Hustlin, que terminou em 10°, com a nota 216,5; e Nível 1, Roger Barral, com Whiz N Annie (205,5) e Manhattan Chic (207,5). Sugar Pop Step Ahead, de Eduardo e Peter Christians, apresentado por Travor Dare, foi reservado campeão Níveis 3 e 2, e 12° Nível 4, com 221,5 de nota.

Confira tudo no www.nrbc.com.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *