Competidor que havia decidido parar de montar venceu a etapa de Ourinhos

colunista_eugenio_titulo

O competidor Adriano Ricardo Galdino, de Assis (SP), monta em touros desde os 19 anos de idade. Hoje, aos 24 anos,  ele mora em uma fazenda e o rodeio não é seu único meio de renda, e por lá, (fazenda) ele dá um duro danado. Trabalha como tratorista, mas em fazenda não existe quem saiba fazer só uma coisa, ele mexe com gado, vaca de leite, gado de corte é assim sua rotina no meio dos animais.

A vitória em Ourinhos, durante a FAPI – Feira Agropecuária e Industrial e 13ª etapa do Circuito Rancho Primavera, um dos rodeios mais importantes do campeonato, não reflete em nada sua carreira, ou pelo menos o atual momento dela.

Adriano sempre buscou no rodeio uma renda extra, nunca abandonou a fazenda e seus patrões lhe permitem ir competir no final de semana, mesmo até porque a maioria dos eventos é próximo de sua casa. “Fazia sete meses que eu não entrava em uma final de rodeio, ou seja, sete meses que eu não ganhava dinheiro”, disse ele.

E a situação dele antes da etapa de Ourinhos era ainda mais dramática. “Eu havia decidido que não ia montar mais, eu já não fui na etapa de Queiroz (SP), uma semana antes, porque ia parar, ai um amigo me disse, vai em Ourinhos, vai na última, lá pelo menos é um rodeio grande para você se despedir”, explica ele sobre o motivo que o levou ao rodeio.

“Antes de começar a primeira noite fizemos uma reunião quem estava nas últimas posições precisava dar oportunidade a outros competidores e o Adriano era o último ranqueado classificado para aquela etapa”, disse Rogério Paitl – presidente do CRP

“Não posso dizer que isso não vinha em minha cabeça, mas estava ciente que se montasse como vinha montando estaria fora do campeonato e com certeza iria parar de montar, mas tentei vencer touro a touro”, explicou sobre a pressão de ser o último do ranking.

A situação financeira era um dos motivos que mais pesava: “Eu estava tirando dinheiro do meu trabalho para colocar no rodeio”.

“Eu estava assistindo o rodeio e quando o Lucas Divino foi montar eu já sabia que era o segundo colocado, porém eu fui arrumar minhas coisas na bolsa, quando os meninos chegaram me dando parabéns” Disse ele sobre o momento em que soube que era o campeão da festa.

Adriano Galdino começou a montar no rodeio em 2010, após vencer um qualify (Rodeio Amador/Classificatório) ganhou vaga no profissional de Palmital, sua estreia oficial.

“Agora fico mais seguro, dá uma certa comodidade, já uma coisa a menos na cabeça na hora de montar”.  Adriano explica sobre sua situação financeira após receber o o prêmio de R$20.000,00 reais em Ourinhos. Segundo ele é a maior quantia que ele recebeu em toda a carreira, o máximo que ganhou e um único rodeio foi seis mil reais. “A autoestima está boa bora”, completa.

Gosto do que faço e não quero ficar pensando em dinheiro, quero vencer os meus touros”, disse sobre o futuro.

Após a vitória em Ourinhos (SP), Adriano Galdino passou a ser o 18º no Ranking do CRP.

A próxima etapa do CRP acontece de 25 a 27 de julho na cidade de Pauliceia (SP).

Mais sobre o campeonato no site www.circuitoranchoprimavera.com.br
contato@eugeniojose.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *