Saiba um pouco mais sobre as lágrimas de Samuel Thiago na final do CRP em Quintana

O domingo era de decisão, se quisesse ser campeão do Circuito Rancho Primavera, Samuel Thiago, de Mirante do Paranapanema (SP), precisava vencer tudo que tinha pela frente.

O touro que Samuel iria montar, na disputa semifinal, era ‘Pantera’ da Cia Juvenal Pontremolez. Nos bastidores as apostas eram que ele não cairia, e se quisesse sonhar com título não poderia nem pensar nisso. Era parar em Pantera e torcer para pegar um ótimo touro na final somar bônus e ver no que dava, podendo até sobrar para ele o título da temporada. Esse era o plano.

O touro preto Miura dá um pulo repicado dentro de brete, no segundo pulo já entra rodando para a direita, Samuel, faz seu papel perfeitamente até ali, na sequência uma dose a mais de velocidade no movimento de braço e Samuel começa a se a adiantar aos pulos do touro, seu corpo vai pendendo para dentro da roda, sua perna esquerda vai perdendo posição, não tem jeito mais de segurar, Samuel Thiago, já leva a mão se defendendo, com os chifres o touro joga Samuel nos bretes.

Os Salva-vidas chegam e, ‘Popaye’ leva o touro pra longe enquanto Samuel escala os bretes. Lá no meio da arena ‘Pantera’ olha para Samuel, com ar de superioridade enquanto ele tira o capacete.

A porteira do brete é fechada, enquanto a do retorno é aberta e o Salva-vidas ‘Péssimo’ a segura, o touro lá no meio dá mais duas rodadas sozinho. ‘Popaye’ e ‘Birreco’ levantam a mão simultaneamente chamando a atenção do touro e ele obedece e se vai para o fundo dos bretes.

Quando Samuel ensaia descer, Rogério Paitl o chama em cima dos brete novamente. Pede para ele respirar fundo e tirar a luva.

Nesse momento, o menino alegre, falador, caiu aos prantos, em lágrimas, chorou e o público retribuiu com uma grande salva de palmas.

Ao meu lado o tropeiro Carlos Madrugada, um dos ícones do rodeio brasileiro, também chorou

– Quando vi aquele garoto chorando não resisti – Confessou Madrugada minutos depois

Mais uma vez Samuel chegou perto, no ano anterior se ele parasse no último touro ganharia dois carros, mas não deu, revelação em 2013, segundo em 2014, chegou perto também em 2015, onde mais uma vez não deu. Terminou em terceiro.

Samuel é o maior vencedor de etapas do Circuito Rancho Primavera.

– Naquela hora, eu chorei porque perdi o título mais uma vez, é complicado você lugar o ano inteiro e não conseguir ganhar o título. Era uma mistura de raiva, não por ter caído e sim por não ter conseguido ser o primeiro lugar da temporada – Explica Samuel sobre as lágrimas em Quintana.

eugnio

– Eu estava animado, havia marcado as melhores notas dois dias, mesmo tendo caído no primeiro, estava marcando mais bônus que o primeiro e o segundo lugar, então naquele momento foi muito triste – Completa.

Samuel que todos os dias faz uma caminhada como preparação, vive no sítio mexendo sem seus animais, tirando leite.

Como eu já disse várias vezes por aqui, Samuel não luta com os touros, ele faz de tudo pra montar certo, na técnica, quando entorta, ele desiste. Poderia ter mais garra? Ele explica:

– Eu nunca fiquei um dia sem montar no campeonato por contusão, graças a Deus, a única coisa que aconteceu foi dois pontos no rosto de uma chifrada nada mais, estou montando bem todas as temporadas, então eu acredito que este meu estilo tem dado certo – Disse

– Até eu aposentar eu quero ser campeão do Circuito Rancho Primavera – Brinca Samuel que já está em segundo no ranking 2016.

– O importante é começar bem, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), próxima etapa, eu sempre montei bem, se não estou enganado ganhei um terceiro e um quarto lugar. Mas, esse ano pode anotar ai que vou ganhar segundo – Disse Samuel no seu melhor jeito ‘falastrão’ de ser.

– Eu quero chegar disputando, eu quero dar trabalho, eu vou para cima – Completa.

PRÓXIMA ETAPA

A próxima etapa do Circuito Rancho Primavera acontece de 19 a 24 de janeiro durante a tradicional Festa do Peão de Boiadeiro de Santa Cruz do Rio Pardo (SP)

Por Eugenio José – MTB: 67.231/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *