ProHorse é eleita a Melhor Tropa do Cutiano no Rodeio de Colorado

Com a maior média do cutiano no Rodeio de Colorado, a ProHorse Rodeo recebeu no último domingo, 26, o belo troféu de Melhor Tropa e ainda levou, pela etapa da Copa Rozeta/Panther, a fivela de Melhor Animal, com a potra Califórnia.

Foto: Rodolfo Lesse

Foto: Rodolfo Lesse

 

Comemorando 40 anos de realização entre os dias 17 e 26 de março, o Rodeio de Colorado faz questão de preservar a tradição das montarias em cavalos e é reconhecido nacionalmente pela qualidade do rodeio no estilo Cutiano que abre a temporada das grandes competições no país. Os embates na arena foram entre animais das mais destacadas tropas e competidores premiadíssimos e o resultado não poderia ser outro: um rodeio de alta qualidade. Levando 13 animais para a disputa, a ProHorse conseguiu a maior média de notas, 42,91, e levou o título de Melhor Tropa do Rodeio de Colorado.

“Foi uma disputa acirrada já que todas as tropas levaram seus melhores animais. A diferença nas médias era mínima e o título nos deixa muito orgulhoso, pois é resultado do nosso investimento em genética, que realizamos a quase 10 anos, no Projeto Nascidos Para Pular. Todos animais que levamos para Colorado são crias nossas, produtos dos cavalos que importamos com linhagens consagradas no rodeio americano. Queremos aproveitar e parabenizar todas as tropas participantes, pois a qualidade do rodeio foi altíssima, e também à diretoria de Colorado por acreditar no rodeio em cavalos”, afirmou Leandro Baldissera, sócio-proprietário da ProHorse junto a Henrique Prata.

O Melhor Animal do Rodeio de Colorado foi a potra Araguaia, da Cia WR, com a nota 45,00. Sendo etapa da Copa Rozeta/Phanter a premiação do Melhor Animal foi diferenciada pela Copa que avalia a melhor média de duas apresentações, com o título indo para a potra California, da ProHorse, com 44,00.

 

Nascidos para Pular

O Projeto ‘Nascido para Pular’ foi criado pela ProHorse com a importação de 42 animais dos Estados Unidos e Canadá para a formação de uma raça específica de cavalos de rodeio no país. Dois destacados reprodutores e muitas matrizes com linhagem das mais importantes do mundo do rodeio americano foram trazidos ao Brasil e o resultado é visto hoje nas arenas com estes animais se destacando e levando os títulos dos melhores rodeios do país.

 Por: Susi Freitas / Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *