O competidor que seguiu a profissão do pai e busca seu espaço no CRP EJ

A história de Cristian Alex Silvério com o rodeio começou ainda quando ele era criança, já estava no sangue, seu pai Aparecido Silvério, era competidor em touros, seus primos, também montavam em touros.

Foto: Ricardo Mariotto

Foto: Ricardo Mariotto

Então, sua história como competidor de montarias em touros, estava mais do que escrita, já que ele vivia nesse mundo montando em touros, tanto que aos quinze anos, ele já estava na fazendo do tio junto com os primos montando em touros.

Aos dezesseis anos veio o primeiro prêmio, uma bicicleta em sua cidade, em um rodeio amador. No ano seguinte, com dezessete anos, ele foi para Barretos, para montar no rodeio júnior, onde ganhou uma fivela de melhor nota da noite e montou até na semifinal.

As portas começaram a se abrir para Cristian, e logo em seguida, veio a primeira moto na cidade de Brejo Alegre (SP).

As coisas começaram a se encaminhar naquela época, porém, muito longe de se dar totalmente certo.

– Quando comecei e consegui bons resultados achei que ia ser sempre assim, e a verdade é que não foi, precisei de muita perseverança, muita dedicação e precisei de padrinhos – Explica

Com 21 anos, finalista em Barbosa (SP) e Oscar Bressane (SP) pelo Circuito Rancho Primavera, a vida de Cristian mudou no rodeio quando conheceu em sua cidade o comentarista Esnar Ribeiro.

– Eu fiz uma amizade com o Esnar no rodeio da minha cidade, ele começou a me levar para o rodeio com ele, me arrumou patrocínios, ele foi meu padrinho, eu devo muito a ele, que me levou para vários rodeios e me ajudou muito – Explica Cristian

Outro fato que mudou a carreira de Cristian foi quando ele venceu o rodeio de Jaguariúna em 2016.

– Vencer Jaguariúna, foi um divisor de águas, em minha carreira, de lá para cá tudo mudou e graças a Deus as portas se abriram ainda mais, já que este foi o título mais importante da minha carreira – Lembra Cristian.

O rodeio é para ele uma profissão e única fonte de renda, é dele que vem seu sustento e é no CRP que ele irá fazer a temporada 2017.

– É um Circuito muito organizado, e ao mesmo tempo, muito disputado, estou muito feliz e vim para o CRP para ficar. Agradeço o Rogério Paitl pela oportunidade que me deu, e quero poder estar focado para conseguir chegar ainda mais longe – Finaliza falando sobre o CRP

Atualmente Cristian Alex está na 23ª posição do ranking do campeonato, montou em dezesseis touros, vencendo oito, com um aproveitamento de 50%.

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *