Cavaleiro das Américas está perto de cumprir jornada até o “Fim do Mundo”

Cavaleiro das Américas, Filipe Leite segue jornada até cidade de Ushuaia, na Patagônia Argentina. Trajeto será completado no dia 8 de julho. Foto: Divulgação

Cavaleiro das Américas, Filipe Leite segue jornada até cidade de Ushuaia, na Patagônia Argentina. Trajeto será completado no dia 8 de julho. Foto: Divulgação

Depois de cruzar o continente americano entre o Canadá e o Brasil, o jornalista Filipe Masetti Leite, conhecido mundialmente como “Cavaleiro das Américas”, está próximo de concluir mais um desafio em cima de um cavalo: percorrer um trajeto com mais de 5 mil km, do Parque do Peão de Barretos até Ushuaia, cidade na Patagônia argentina chamada de “Fim do Mundo”, no extremo sul da Argentina. O cavaleiro está a pouco menos de 100 quilômetros de completar a jornada. A previsão de chegada está marcada para o dia 8 de julho.

Se na primeira viagem, Filipe teve a intenção de realizar um desejo pessoal e cruzar o continente americano com chegada durante a Festa do Peão de 2014, nesse novo desafio imposto pelo próprio cavaleiro tem por finalidade divulgar o trabalho realizado pelo Hospital do Câncer de Barretos e ajudar as crianças internadas para o tratamento da doença. A nova jornada teve ponto de partida no dia 11 de abril de 2016, do próprio município.

Acompanhado de dois cavalos da raça crioulo (Sapito e Picasso), Filipe carrega dois cofrinhos para arrecadar dinheiro para o HC Barretos. Durante a viagem, o cavaleiro distribui panfletos com informações sobre a prevenção do câncer infanto-juvenil e campanhas da instituição.

Depois de percorrer por cidades do Brasil, Uruguai, Chile e Argentina, o “Cavaleiro das Américas” se encontra na província argentina chamada de Terra do Fogo (em espanhol Tierra del Fuego), em uma grande ilha no extremo sul da América do Sul.

Mesmo diante da nevasca que cai na região nesta época do ano, Filipe Leite esbanja felicidade por estar próximo do objetivo. “Estou aqui morrendo de frio na Terra do Fogo, mas muito feliz por chegar perto de completar mais esta jornada e pronto pra receber de novo todo o calor de Barretos”, disse o aventureiro.

A Associação Os Independentes é uma das apoiadoras da jornada do Cavaleiro das Américas. “O feito do Filipe Leite na Cavalgada das Américas, que saiu do Canadá e terminou aqui em Barretos, na Festa do Peão, já foi surpreendente. Continuamos apoiando nessa nova jornada que tem por caráter difundir mensagens positivas e desbravar a América sobre o cavalo”, disse Hussein Gemha Júnior, presidente de Os Independentes.

Durante a 62ª Festa do Peão de Barretos, no mês de agosto, o jornalista irá lançar o livro que narra a primeira jornada de 16 mil quilômetros (2012 a 2014), de Calgary, no Canadá, com destino até o Parque do Peão, em Barretos.

Fonte: Phábrica de Ideias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *