Em final emocionante, Alisson de Souza vence o 25º Barretos International Rodeo

Foto: Andre Monteiro

Foto: Andre Monteiro

Nem o mais otimista fã de rodeio poderia prever tamanha emoção nas dez últimas montarias do 25º Barretos International Rodeo, que aconteceu neste domingo, dia 27, finalizando a 62ª Festa do Peão de Barretos.

O competidor Alisson de Souza, de Taubaté/SP, foi aplaudido de pé pelo público presente do Estádio de Rodeios em sua montaria na final. Ele enfrentou o touro Promotor, da Cia. Paulo Emílio e, em um duelo emocionante venceu o animal obtendo nota 92 e totalizando 359,75 pontos nos quatro dias de disputa. Ele levou para casa o prêmio máximo de R$ 100 mil. Além de campeão do Barretos International Rodeo, Alisson ficou também com o título da Confederação Nacional de Rodeio (CNAR), ganhando mais R$ 25 mil por esta conquista.

Em segundo lugar ficou Rafael Marcelino, de Ribeirão dos Índios/SP, que montou na final o animal Executivo, da Cia. Califórnia. Em terceiro ficou uma das grandes revelações do ano, José Vitor Leme, vencedor da final da PBR (Professional Bull Riders) que aconteceu no primeiro fim de semana do evento.  

Desafio do Bem

O competidor Ederson de Oliveira, campeão do Barretos International Rodeo em 2016, venceu o “Desafio do Bem” ao conseguir parar os oito segundos no touro Pesadelo, da Cia. 3B.

Entre as diversas contribuições, em prol do Hospital do Câncer de Barretos, o destaque foram as doações dos cantores Sérgio Reis, que doou R$ 400 mil, e Chitãozinho, que fez a doação de R$ 200 mil.

Melhor Touro e Tropeiro

Durante o 25º Barretos International Rodeo, o melhor tropeiro foi Paulo Emílio, que atingiu a média de 45,40 pontos. Já o melhor animal foi o touro Nortão, da Cia. Tercio Miranda, que conquistou a média de 47,25 pontos

Confira a pontuação final dos cinco melhores classificados do rodeio.

 

1 – Alisson de Souza – 359,75

2 – Rafael Marcelino Montanha – 356,25

3 – José Vitor Leme Batista – 268,25

4 – Alan de Souza – 266,00

5 – Danilo Torres Sobrinho – 262,25

Fonte: phábrica de Ideias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *