Rodrigo Pedro Rosa conquistou o Bicampeonato na Copa Panther Rozeta Cutiano

Em uma disputa acirrada que foi decidida somente nas últimas montarias, o competidor Rodrigo Pedro Rosa se tornou o primeiro bicampeão da Copa Panther Rozeta Cutiano. A grande final da temporada aconteceu durante o 26° Rodeio Tavorense, em Joaquim Távora-PR no último fim de semana em um rodeio que certamente ficará marcado na história da modalidade cutiano no Brasil.

 Rodrigo Rosa

Líder do ranking, o competidor de Indaiatuba-SP saiu na frente na grande final, obtendo a maior nota da primeira noite e administrou a vantagem sobre os demais concorrentes nos rounds seguintes e mesmo terminando a etapa final na sexta posição, os pontos conquistados foram suficientes para lhe garantir a principal fivela do ano. “É uma sensação muito boa, de dever cumprido. É a recompensa por um ano todo de batalha,” declarou ele.

 Campeão da primeira temporada da Copa Panther Rozeta Cutiano em 2015, Rodrigo Pedro Rosa teve a chance de se tornar bicampeão na temporada anterior, mas deixou o segundo título escapar no último dia. “Ano passado não deu certo o bicampeonato, mas eu não desisti, lutei muito este ano, tive uma nova oportunidade e não deixei escapar,” completou o competidor que montou o cavalo Cassino (Dominguinhos de Fartura) na montaria decisiva, animal que já havia lhe dado outros quatro títulos anteriormente.

 Aos 41 anos de idade, o campeão revelou que hoje os planos de encerrar a carreira não passam mais por sua cabeça. “Alguns anos atrás eu planejava montar até os 40 anos, mas com a criação da Copa Panther Rozeta comecei a ter oportunidades que antes não tinha. Foi como um recomeço, o primeiro título me abriu muitas portas. Me sinto como se tivesse 25 anos e tenho muito a conquistar ainda,” finalizou Rodrigo.

 A potra Fera Goiana (Tito Cardoso) confirmou o favoritismo e conquistou a fivela de Melhor Animal da temporada, após vencer o recorde de nove etapas ao longo do ano. Com média de 44,68 pontos por montaria, Fera Goiana entrou para a galeria de campeões da Copa Panther Rozeta ao derrubar 75% dos competidores que a desafiaram este ano. Seu proprietário, o tropeiro Nilton Cardoso também conquistou a fivela de Melhor Tropa do ano, encerrando a temporada com 22 títulos no campeonato.

fera goiana

 Realizando pela primeira vez a final do principal campeonato da modalidade cutiano no país, o Rodeio Tavorense se encerrou com sucesso total e colocou seu nome entre os grande rodeios do Brasil. “Foi uma final espetacular, desde o nível dos competidores e dos animais, a participação e o interesse do público e é claro, o comprometimento de toda a comissão organizadora,” comentou o presidente do campeonato, Enrique Moraes.

 A vitória na etapa final foi dividida entre Assis Saraiva (Aparecida do Taboado-MS) e Flávio Germano (Araçariguama-SP), que somaram 343,25 pontos cada um. Wilson Martins Araújo foi o terceiro colocado, seguido de Jonas Soares e Pablo Luiz Bertolin, respectivamente o quarto e o quinto colocado no evento. A fivela de Melhor Animal da etapa final foi para a égua Bala Guardada (Cia. Tito Cardoso) com média de 44,25 pontos, enquanto a Cia. Vale da Piedade conquistou a fivela de Melhor Tropa, com média de 42,67 pontos.

 Em seu terceiro ano de história, a Copa Panther Rozeta realizou sem dúvidas a sua melhor temporada. No total, foram 29 etapas realizadas em algumas das principais arenas do Brasil, percorrendo cinco estados diferentes. O número de etapas aumentou em relação ao ano anterior e a temporada teve como grandes marcos também o alto nível das montarias e a revelação de novos competidores.

 “Foi uma temporada de sucesso, que atingimos nossas metas e agora as expectativas para a temporada seguinte são melhores ainda,” declarou o Enrique Moraes. “Agradeço a todos que tornaram possível o sucesso desta temporada, a cada comissão organizadora que acredita na marca da Copa Panther, aos nossos patrocinadores, aos parceiros da Ekip Rozeta, aos tropeiros e principalmente aos competidores” completou ele.

 Moraes lembra que a Ekip Rozeta criou a Copa Panther e da todo o suporte necessário, mas o campeonato é dirigido pelos próprios competidores. Fazem parte da diretoria atual os atletas Pablo Bertolin, José Leal Neto, Rodrigo Pedro Rosa, Wilson Martins Araújo, Paulo Henrique Baesso e Valter Dias, que contam com o apoio e a colaboração de todos os demais integrantes da Copa Panther Rozeta Cutiano.

 Assessoria: Agência PrimeComm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *