Bareback e Sela Americana já têm seus representantes brasileiros para o The American

Os competidores da ProHorse tiveram a oportunidade de disputar o qualify realizado pela Liga Nacional de Rodeio, que definiu os representantes brasileiros das modalidades Sela Americana e Bareback para o RFD-TV The American, o mais rico rodeio de um dia nos Estados Unidos.

pro horse

O qualify aconteceu no último domingo, 20, no Rancho Nossa Senhora de Guadalupe, em Barretos, e contou com a participação de 10 competidores em cada modalidade, apresentando acirradas disputas na arena da sede da ProHorse Rodeo. Organizada pela LNR, a competição classificou dois representantes de cada estilo do rodeio em cavalos que embarcam para os Estados Unidos em fevereiro próximo onde disputam as semifinais do The American. No Bareback, os representantes serão os experientes Leandro Medeiros e Eduardo Ringo, ganhadores de inúmeros títulos, inclusive internacionais; e na Sela, outros dois grandes campeões foram selecionados, Leandro Baldissera e Peter Willi Tim.

As disputas das seletivas aconteceram com a participação de competidores experientes e também de iniciantes que estão treinando muito para se aperfeiçoar nas modalidades. Todos foram avaliados pelos juízes Tião Procópio, considerado uma lenda no rodeio brasileiro, e Luiz Carlos Moreira, grande campeão do Bareback que já disputou e conquistou títulos em vários países.

Começando pela modalidade Sela Americana, os competidores enfrentaram verdadeiras máquinas, potros do projeto “Nascidos Para Pular”, da ProHorse. Nas 10 primeiras apresentações os juízes decidiram que seria melhor tirar os quatro melhores para fazer uma nova avaliação e assim definir os representantes. Além dos campeões Leandro Baldissera e Peter, os competidores Lucas Guilherme Lopes e o iniciante César Augusto Fernandes também foram selecionados para a segunda montaria.

Natural de Capão Bonito/SP, Leandro Baldissera é recordista de títulos em Barretos (9 vezes), além de ter um currículo de muitas vitórias em rodeios por todo o país como  tetra campeão de Americana e Jaguariúna, tetracampeão Top Team Cup, bicampeão da FNRC e da CNAR; e também no exterior, em países como África, México e nos Estados Unidos, em Kissimie e Davie (Flórida), Hardmore (Oklahoma), Atens e Waco (Texas). Ele No qualify, sua primeira montaria foi na Balada e a segunda no Lunático, ambos da ProHorse.

Já o segundo representante brasileiro da Sela Americana, Peter Willi Timm, é de Júlio de Mesquita/SP e pratica a modalidade há sete anos. Dentre os títulos que conquistou está o bicampeonato de Barretos, campeão em Lençóis Paulista, Guaimbé e Terra Roxa. Ele foi sorteado com os animais Yellow Baby e Ressaca no qualify.

Bareback

Na modalidade Bareback a primeira montaria dos competidores já foi suficiente para a definição dos melhores. Apesar de todos apresentarem um nível muito equilibrado, a experiência foi determinante na decisão dos juízes. Um dos primeiros a montar, Eduardo de Melo Pereira “Ringo” (São José do Rio Preto/SP) mostrou o que sabe e ama fazer montando a égua Balada, conquistando a primeira vaga para o The American. Ele tem um currículo recheado de títulos, dentre eles é pentacampeão de Jaguariúna; tricampeão Barretos, Goiânia e Presidente Prudente e também foi campeão em Belton no Texas e em Davie, na Flórida ‘

Leandro Medeiros, de Terra Roxa/SP, foi o penúltimo a se apresentar e montou na Pandora, com muita torcida dos amigos e dos próprios competidores. Muito amigo de Ringo, Chiquinho, como é conhecido por todos, ficou muito feliz e comemorou a classificação. Bicampeão de Barretos, campeão Top Team Cup e detentor de fivelas de vários outros rodeios país afora, o competidor no ano passado estreou nos rodeios americanos, durante suas férias no Brasil,, e por lá também se destacou, sendo campeão em Roundup Montana, 4º colocado em Thermopolis Wyoming e finalista do circuito NRA.

“O Brasil já mostrou para o mundo seu poder no rodeio em touros e também no laço em dupla e no laço individual, com os representantes que temos nos Estados Unidos entre os melhores do mundo. Agora chegou a hora de mostrar o talento dos nossos competidores também no rodeio em cavalos e a ProHorse lutou para esta conquista. Nossos agradecimentos especiais ao Marcão Abud, da Liga Nacional de Rodeio, pelo empenho em nos dar esta oportunidade de termos a Sela e o Bareback neste importante rodeio americano, onde todos querem estar”, explicou Leandro Baldissera, um dos sócios da entidade.

Os quatro representantes brasileiros saíram do qualify animados e focados na preparação e treinamento até fevereiro, quando embarcam para os EUA e buscam fazer história no The American.

The American

Rodeio completo, o The American distribui U$2 milhões, de forma diferenciada na premiação. A premiação aos campeões é de U$1 milhão entre todas as modalidades e mais U$1 milhão como bônus, que incentiva os competidores que ainda não são famosos e não foram convidados para o evento, ou seja, se o campeão tiver participado da classificatória ganha este bônus e se houver mais de um vencedor nesta mesma situação o bônus é dividido.

O RFD-TV The American é realizado no AT&T Stadium, em Arlington, Texas, no dia 25 de fevereiro de 2018. Uma semana antes acontece no mesmo local as semifinais, das quais os brasileiros participam para então poderem ir para a final.

Fonte: Susi Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *