Tião Procópio uma história de vida dentro da Arena de Colorado

Ele foi peão, tropeiros e agora juiz, e praticamente começou a história do rodeio em touros na arena de Colorado.

tiao klinger

Hoje um dos nomes mais consagrados no julgamento, Tião Procópio, está na arena de Colorado trabalhando há muito tempo, nem ele sabe quantas vezes esteve no rodeio.

Na verdade, ele sabe quantos anos não trabalhou depois que iniciou na Capital do Rodeio no Paraná no início dos anos 80

“Antigamente tinha o Circuito Brahma de Rodeio e eu era juiz desse campeonato, Maringá, bateu junto na mesma data, eu liguei em Colorado, expliquei, e fui para esse evento” Explica Tião Procópio. “No outro ano estava com a data de Colorado livre liguei para o Sr Adair Ignácio e ele falou que eu ia tomar um gancho de um ano, quase todos os profissionais já pegaram esse gancho, comigo não foi diferente”

A primeira vez que Tião Procópio chegou até Colorado foi justamente, através do Sr Adair

“As comissões viajavam muito, para ver as novidades e, eu estava em Novo Horizonte (SP), fazendo uma apresentação do rodeio em touros, não existia a modalidade. Sr Adair viu e nos convidou para ir levar os touros” Lembra Tião “Isso foi em 1982, a gente era contratado, não tinha prêmio, fizemos as apresentações, antigamente os bretes não era feito para touros, foi uma dificuldade, para embretar os touros, mas fizemos, ele gostou e voltamos outras vezes”

Segundo Tião Procópio, o rodeio em touros no Brasil deve muito a Colorado, esse convite que o Sr Adair fez, foi fator determinante para que a modalidade expandisse mais rápido.

“Não há dúvidas disse, a Festa do Peão de Colorado, deu um passo importante para a modalidade touros” “Explica Tião

Para Procópio, em Colorado, além de ser um grande rodeio, de trazer grandes profissionais é um lugar onde você se aprende muito sobre caráter e respeito.

“O Sr. Adair é um dos homens mais íntegros que conheci, não precisa assinar nada com aquele homem, exemplo de respeito com os profissionais e é também pulso firme com quem não mantém a ordem e não respeita o rodeio de Colorado” Comenta Tião “A comissão seguiu essa linha, o genro dele o Zé Américo, agora com o neto o Marcelo Sichieri, a gente aprende muito, nos faz senti bem trabalhando em Colorado, estou e estarei sempre feliz enquanto eu puder trabalhar naquela Arena”

“A responsabilidade do Juiz de Arena sempre foi grande, especialmente aqui em Colorado e, agora com a disputa de melhor touro e melhor boiada isso nos traz a responsabilidade como contratantes de trazer o que é de melhor, todos querem o título aqui e um bom julgamento tem ligação direta com isso” Explica Marcelo Sichieri Presidente do rodeio

JUÍZES 2018

Além de Tião Procópio, que representa Paulo de Faria (SP), trabalham em Colorado este ano, Neto Oger, de União Paulista (SP), Adriano Brosco, de Domélia (SP) e Paulo Chagas, Paulicéia (SP).

Na primeira semana trabalharam Nego Oger e Elias Alves de Almeida, de Colorado (PR).

PROGRAMAÇÃO MUSICAL

22/03 – Jorge & Matheus

23/03 – Cleber & Cauan

24/03 – Gusttavo Lima

25/03 – Final do Rodeio (Entrada Franca)

Mais informações www.coloradorodeio.com.br

Por: Eugênio José

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *