O Rodeio está de Luto pela partida de Giliard Antônio

Esta segunda-feira, infelizmente, amanheceu triste e cinza para os fãs do esporte de montarias em touros.

Por volta da 00:48 , a PBR (Professional Bull Riders) Brasil informou por meio de suas páginas oficiais o falecimento do competidor Giliard Antonio, 24 anos, ocorrido durante a sua montaria na semi-final do Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018.

Ainda em nota foi declarado que todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local .

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O competidor ficou cerca de um ano e dois meses sem montar por conta de uma séria lesão na musculatura da bacia, que havia sofrido durante uma montaria em 2016. O atleta voltou a montar na PBR na etapa de São José do Rio Pardo, no fim do mês de abril de 2018, onde foi um dos destaques e recebeu muito carinho dos colegas de montaria e do público, que o aplaudiu quando entrou na arena. Neste final de semana não foi diferente, ele se manteve bem durante a etapa e foi aclamado pelo público e amigos.

Ser um Profissional de montarias em Touros, e tornar-se um Campeão Mundial, é um sonho que a maioria dos competidores carrega dentro de si. Por isso se arriscam dia a dia durante 8 segundos sob um touro dentro das arenas de rodeio. Ninguém pode mudar o sonho que cada um carrega dentro de seu coração.

Giliard escreveu sua história, conquistou fãs e grandes amigos, era sim um bom profissional e muito capaz. Infelizmente não podemos mudar aquilo que já estava escrito, ele se foi fazendo aquilo o que gostava, e conquistando o seu espaço a cada dia. Sua passagem foi curta, mas com certeza segue brilhando e olhando por outros profissionais do Rodeio. Fica aqui a nossa homenagem a aquele que foi um grande Cowboy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *