Marco Eguchi faz 94 pontos e vence segundo round da PBR WORLD FINALS

O segundo round da final mundial de montarias em touros organizada pela PBR (Professional Bull Riders) levantou Las Vegas na noite desta quinta-feira (madrugada de sexta-feira no Brasil). A rodada foi recheada de montarias espetaculares, resultando em altas notas e confrontos memoráveis.

eguchi 2

Mas, o destaque fica para os touros, que dominaram toda a rodada. Das 40 montarias previstas para o round, apenas oito tiveram notas.

A primeira, inclusive, foi de um brasileiro. Marco Antonio Eguchi conseguiu parar os oito segundos sobre o touro Spotted Demon conquistando 94 pontos de nota, a maior de todo o round. O público foi ao delírio com a montaria perfeita.

No entanto, um susto devido a saída complica de Eguchi. O atleta bateu com o rosto no chifre esquerdo do touro e teve de ser atendido dentro da arena, mas foi liberado minutos depois.

Paulo Lima foi o segundo competidor a parar. Ele encarou o touro Southern Style, marcando 89,50 pontos. O americano J.B. Mauney também conseguiu parar e garantiu 90,50 pontos a bordo do touro M.A.G.A.

Já Guilherme Marchi continua com duas paradas nesta reta final de sua carreira nos Estados Unidos. O campeão mundial de 2008 voltou a bordo do touro Crazy Days fazendo 86,75 pontos. Esta é a parada de número 634 em sua carreira, aumentando ainda mais o recorde até agora.

Chase Outlaw também voltou com repete e fez 85 pontos em sua apresentação com o touro More Big Bucks.

O último competidor a pontuar com repete foi o brasileiro Eduardo Aparecido, que encarou o touro Blue Stone e fez 87 pontos. Eduardo é um dos convocados para a Global Cup em 2019.

A última rodada era a mais esperada por contar com os quatro melhores colocados do ranking mundial, os brasileiros Luciano de Castro, Cláudio Montanha Jr, José Vitor Leme e Kaique Pacheco. Castro e Montanha não conseguiram pontuar.

José Vitor Leme e Kaique Pacheco fizeram o ginásio levantar. Leme fez uma montaria perfeita a bordo do touro Bad Beagle registrando 91 pontos. Pacheco veio logo em seguida, saindo 1 segundo antes de o relógio de brete encerrar a contagem, e, mesmo ainda machucado, conseguiu fazer 88,75 pontos sobre o touro Smooth Wreck.

A diferença agora entre Kaique Pacheco e José Vitor Leme é de 1347,50 pontos.

Ranking da etapa

1 – José Vitor Leme – 305 pontos;

2 – Marco Eguchi – 300 pontos;

3 – Eduardo Aparecido – 230 pontos;

4 – Kaique Pacheco – 117,50 pontos;

5 – Guilherme Marchi – 60 pontos.

PBR BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *