Direto da Arena

Dener Barbosa conquista bicampeonato na Fepeina em Douradina

colunista_eugenio_titulo

Terminou na noite deste domingo, 08, a FEPEINA – Festa do Peão de Douradina (PR). A domingo foi marcado pelas montarias em touros e sorteio de um carro zero km para o público.

Definir, tentar traçar um panorama para o rodeio de Douradina é algo quase impossível. O rodeio é imprevisível, na FEPEINA, é muito mais do que podemos imaginar.

Após a disputa semifinal, Edevaldo Ferreira, de Andradina (SP), continuava com uma parada a mais, ou seja, era o único invicto, ainda não tinha caído.

No sorteio, pegou Baleado, um touro que ele havia parado, algumas vezes, caído outas, um touro bom, mas para canhoteiro, Edevaldo é destro (Monta com a mão direita).

Vamos falar de Edevaldo mais tarde, antes vamos saber como foi o desempenho dos cinco primeiros colocados.

A história de Magno Alves, de Santana do Araguaia (PA) é interessante, ele havia sido desclassificado após o round de sexta-feira, dois competidores se contundiram e abandonaram a competição. Ele aceitou montar e marcou a melhor nota do sábado.

Na final, ele entrou em oitavo lugar, e após vencer o touro ‘Noturno’ da Cia Paulo Emílio, com 89,75 pontos, terminou a competição em quinto lugar.

Voltando aquela história de panoramas, eu não imaginava que Sidnei Maria pudesse ser vencido por ‘Explosivo’ na semifinal, mas aconteceu.

Mesmo assim, entrou em décimo lugar, sorteou, ou melhor, sobrou para ele, o touro ‘Sherloque’. Com o locutor Gleydson Rodrigues pedindo para o público ficar de pé, ele venceu o animal e marcou a nota 92,25 pontos. Acabou terminando em quarto lugar.

Sobre o terceiro lugar, não dá pra falar, temos que exaltar o trabalho do competidor Claudemir dos Santos, o ‘Porquinho’ havia parada há um ano e dois meses, resolveu voltar, e na FEPEINA. Começou liderando a competição, acabou não vencendo o touro de sexta-feira, mas recuperou e marcou a maior nota do rodeio, montando o touro ‘Tenso’ com a nota 93,00 pontos.

O vice campeão, acreditem, foi Edevado Ferrreira. Eu digo acreditem porque ( como disse acima) ele chegou a final como o único invicto, como costumamos dizer, com um touro a mais.

 Sorteou ‘Baleado’ um touro bom, que ele há o venceu e ganho rodeio nele como também já havia caído e perdido rodeio. Hoje a última opção valeu, ele acabou caído e perdendo o rodeio de Douradina.

O grande campeão foi Dener Barbosa, de novo, afinal ele foi o campeão de 2014 também. Venceu o touro ‘Himalaia’ com 92,25 pontos e conquistou mais um carro zero KM da na carreira, o segundo em Douradina.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar