Rodeio Internacional

Montarias em touros perde o touro Mick E Mouse nos EUA

mickemouse
Foto: Andy Watson

PUEBLO, Colorado – A tropeira Marlene Henry informou ao escritório da PBR nos Estados Unidos nesta tarde, que houve a necessidade de sacrificar o animal Mick E Mouse hoje por complicações médicas imprevistas.

Mick E Mouse sofreu uma pequena fratura na região lombar da coluna, no evento em Billings, estado de Montana, no ínicio deste ano, quando ele caiu enquanto Nathan Schaper tentava montar sobre ele, durante o 15/15 Bucking Battle. Ele foi tratatado no Texas A&M pela lesão e retornou à fazenda, no rancho de Kevin Loudamy, em Brownsboro, Texas, para se recuperar durante o verão norte-americano.

Henry esperava que Mick E Mouse retornaria à Built Ford Tough Series no final de semana passado, em Biloxi, Mississippi, mas irregularidades em seu comportamento, no mês de Julho, fizeram Henry e Loudamy buscar opniões adicionais sobre a condição médica do animal com o veterinário Dr. Gary Warner. Durante a consulta, Dr. Warner descobriu que o atleta desenvolveu uma lesão nas costas.

“Nós suspeitamos que Mick E Mouse teve um linfoma na lombar e o estava impossibilitando de usar as patas traseiras adequadamente.” explicou Dr. Waner. “Nós tentamos tratá-lo, mas ele não estava respondendo o tratamento, então foi o momento de tomar a decisão. Foi uma grande perda para o esporte. Eu realmente amava muito aquele touro.”

Não foi uma decisão fácil para Henry, mas ela queria assegurar que o seu animal não sofresse mais.

“Mick E Mouse não esta mais com dor” disse Henry. “Eu vou dizer que não foi de todo mal. Não me importa se ele foi o número 1 nos livros da PBR ou não, mas ele foi pra mim.”

2015 foi a quarta temporada na BFTS, do touro que tinha 7 anos de idade, que estava sem paradas em 34 saídas. Ele reuniu ao todo 40 saídas sem um único peão ter conseguido parar nele, levando-o ter a possibilidade de alcançar ou até mesmo superar o recorde estabelecido pelo Bushwacker, em 2013, que foi de 42 quedas consecutivas.

O touro que concorria ao título de melhor touro do ano em 2015, derrubou grandes competidores como os campeões mundiais JB Mauney, Guilherme Marchi e JW Harris, entre outros. Ele ainda recebeu a maior nota da temporada 2015, com 47 dos possíveis 50 pontos, em Anaheim, na montaria de JW Harris.

De acordo com probullstats.com, Mick E Mouse teve uma média de 44,76 pontos. O competidor que mais se aproximou da marca de 8 segundos, foi Harris, que ficou no touro por 7.47 segundos no evento de Thackerville, em 2014.

“Mick E Mouse era um animal-atleta extraordinário com uma história incrível por trás da sua fama.” disse o CEO da PBR, Sean Gleason. “Ele foi um dos touros mais especiais com um talento nato e a atitude de não desistir que o fez ser impossível de montar. É com o coração pesado que nós dizemos adeus a um touro notável, e toda a organização PBR está sofrendo com a Sra Henry e o Sr. Loudamy pois têm de lidar com a perda.”

Tradução Gustavo Carvalho
Fonte: BullRing

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar