PBR Brasil

Competidor deixa as arenas para se dedicar a agropecuária

maricoaquino
Foto: André Silva

BARRETOS (SP) – Arquibancada cheia na noite do último domingo, 23 de agosto. No fundo dos bretes, competidores se dividiam entre conversas sobre as expectativas do quarto round do Monster Energy PBR, outros arrumavam os equipamentos, trocavam apostas sobre possíveis finalistas… entre eles, um atleta em especial sentia o coração bater mais rápido e as mãos suarem; e não era apenas adrenalina para a montaria.

Com 15 anos de experiência neste esporte, Márcio Aquino olhava para ao redor já com tom de saudades. Aquela seria sua última montaria na carreira, deixada de lado para se dedicar à criação de gados de corte na região Norte do país, em uma fazenda da família.

A decisão, conta Aquino, não foi fácil. “Há algum tempo surgiu essa oportunidade de investir em animais de corte. Fiz um balanço da minha carreira e avaliei tudo. Como já estou com mais de 30 anos, resolvi que seria hora de parar. Confesso que levei um bom tempo para realmente tomar esta decisão. Quem ama o esporte de montaria não pensa nunca em parar”.

A entrada de Aquino na PBR Brasil ocorreu depois de participar da Divisão de Acesso. Em 2010, passou a integrar o quadro dos melhores competidores do país, sendo finalista em 13 etapas, e campeão de Mairinque, também em 2010. “Foi realmente gratificante fazer parte de uma liga tão organizada como a PBR. Aqui fui muito feliz”, diz.

 

Jorge Cardoso

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar