Rancho Primavera

Competidores contundidos roubam a cena em Quintana

QUINTANA, SÃO PAULO – 17/12/2015 – Toda expectativa se acaba quando se começa aquilo que estamos esperando, no caso, a final do Circuito Rancho Primavera.

Foto: Ricardo Mariotto

O sol ainda estava no céu quando chegamos ao recinto de rodeio Adriano Moraes, em Quintana (SP).

Ainda no estacionamento, em companhia de Ricardo Mariotto, fotógrafo, ouvimos um som alto, bem alto.

Quem poderia ser aquela hora da tarde/noite de quinta-feira tão animado?

Eis que surge uma camionete e, pilotando ela estava Keny Roger que mais uma vez roubou a cena na arena.

Na hora me veio um pensamento. O cara está com o tornozelo quebrado, e operado,  vai montar em um touro da raça miura e está comemorando o que?

Mas esse é Keny Roger, que logo sacou um par de muletas e foi amparado para o fundo dos bretes.

Mais tarde, fui até o fundo dos bretes vê-lo. Logo que cheguei encontrei outro contundido, o líder do ranking Lucas Divino que, em relação ao Keny Roger está até bem.

Fui onde Keny se encontrava e logo alguns competidores o objetivo cercavam, estava fazendo sua espora, adaptando para a noite de quinta-feira.

Tranquilo, sereno, sorridente nem parecia que tinha no seu tornozelo uma platina e sete pinos.

O cronograma continuou e larguei ele lá. O rodeio seguiu e volto a falar dele mais tarde.

Logo no início do rodeio, Luiz Gustavo Cozine, de Tupã (SP), venceu o touro ‘Falso Profeta’ do Netinho de Taquaritinga por 90,50 pontos.

Foto: Ricardo Mariotto
Foto: Ricardo Mariotto

Para Luiz a montaria não foi fácil, precisou usar toda e experiência e ele falou também sobre o competidor que ele acredita que vai ganhar os 100 mil reais.

Keny Roger, teve muito trabalho nos bretes, o touro espalhou dificultou, muito, mas ele foi guerreiro e marcou incríveis oito segundos, o público interagiu, aplaudiu, gritou foi emocionante.

Com Keny assumindo a liderança, só restava a Lucas Divino, vencer, ele outro contundido precisa da ajuda dos amigos para apertar a corda, o touro também deu trabalho, mas ele acabou vencendo o touro e voltando a liderança.

No momento nenhuma mudança significativa no ranking, Lucas Divino conseguiu ficar mais um dia como líder, essa é a tática.

FILHO DE PEIXE PEIXINHO É

O touro ‘Filho do Chefe’ da Cia PH é filho do touro ‘Chefe de Estado’ da Cia Bela Vista e derrubou na primeira noite o candidato ao título Samuel Thiago, vice campeão em 2014 com o tempo de 3,40 segundos e foi o segundo melhor touro da noite. Particularidade seja destacada, Samuel Thiago caiu duas vezes de Chefe de Estado Pai e agora uma do filho.

MANTENDO O BOM DESEMPENHO

Campeão em 2013, vice em 2014, João Ricardo Vieira, mantém a boa fase em Quintana, que é sempre seu último rodeio para antes de voltar aos EUA onde compete na PBR. João é o único competidor fora do ranking convidados.

ESSA DOEU

O Salva-Vidas Popaye tomou um grande susto ao ser prensado por um touro dentro do brete. Foi um grande SUSTO DE ARENA.

ISSO É LOUCURA!

Após Keny Roger vencer o touro Show Time, Almir Cambra ficou admirado e disse. “Isso é loucura, garra”.

UMA PITADA DE SORTE

Danilo Torres, caiu do touro ‘Ponto G’ porém, o sedem enroscou em sua mão, ele teve direito a outro touro, ficou em quinto lugar no round, marcou bônus e se mantém vivo na competição.

FORA DA DISPUTA

Para João Henrique Lucas, de Bastos, suas chances matemáticas em relação ao título acabaram após ele cair do touro ‘Facção’ do Fábio Vargas com 6,78 segundos.

BOA PERFORMANCE

O touro ‘Abadá’ da Cia Califórnia continua em forma, ele venceu o round I com um pulo incrível marcando a nota 46,25 pontos.

Por: Eugênio José

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar