Rodeio Nacional

Após final histórica em Rio Verde estreante leva o título do melhor rodeio em touros do Brasil

Depois quatro dias de montarias, terminou o rodeio em touros de Rio Verde (GO).

IMG_5611 (1)
Foto: Eugênio José

Considerado o melhor rodeio em touros do Brasil, Rio Verde não decepcionou os amantes do esporte rodeio.

Tudo que aconteceu ‘dentro’ da arena foi feito com a melhor qualidade e, um verdadeiro show de montarias aconteceu na arena de Rio Verde no domingo.

O competidor Ederson Oliveira, de Ilha Solteira em (SP), foi o grande campeão após vencer o touro Mississipi da Cia 2M do Marcondes Maia.

O SORTEIO

O sorteio foi realizado dentro da arena, porém antes uma homenagem ao presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, com os competidores finalistas já ali, perfilados.

Cada semblante trazia um nervosismo, uma ansiedade. Ederson líder do rodeio, parecia o mais nervoso, sem sorriso, demonstrava impaciência até a chegada do sorteio.

Quando Esnar perguntou a ele que touro queria montar, ele disse Mississipi da Cia 2M. A sorte estava ao seu favor e ele sorteou o touro.

O sorteio continuou e fui para o outro lado da ponta, lá estava Juliano da Rocha, décimo lugar, também com semblante sério, ouvia a todo momento, Esnar Ribeiro e Enrique Moraes dizer que, Rei da Safra, melhor touro do rodeio até aquele momento, ainda estava no sorteio e, sobrou este touro. Quando entrevistado disse: “A história já está escrita, se for o dia de eu vencer ele, vou vencer.

DISPUTA FINAL

Ao abrir a porteira, a primeira montaria foi de Juliano da Rocha, eu ainda estava fora da arena (tive que filmar o resto de dentro da arena).

Quando a porteira abriu e Juliano foi para cima de Rei da Safra, a vibração do público, a vibração da narração de Almir Cambra, refletiu em algo que é tipo um teste de fidelidade amorosa minha com o rodeio.

Um arrepio da cabeça aos pés, provando que a gente ama e ainda se emociona com esse esporte.

Daí em diante, pulei para dentro da arena, não queria correr o risco de perder nenhuma montaria.

E assim foi de montaria em montaria, uma explosão do público e dos touros. Lauro Dias diretor do rodeio sempre estava por perto, e falava a cada touro vencido: ‘Quem montada’.

Ele estava feliz, pois, andou e investiu muito junto a diretoria do Sindicato Rural para ter um rodeio daquele nível.

Chegou a hora de Ederson Oliveira, se apresentar, o touro que ele queria estava debaixo de suas pernas.

Nesse momento Lauro Dias encostou do meu lado, eu estava ansioso, a porteira abriu e mais uma vez uma montaria acima de noventa pontos, FORAM SEIS NOTAS nesse nível. Uma final inesquecível.

TRALHA DO CAMPEÃO

O campeão, não conseguiu sair da arena dando entrevistas e mais entrevista, ele parecia até assustado, Almir Cambra, entregou uma tralha personalizada da Freedom Country para ele. Ele, Ederson, prometeu vestir e vir com ela para a entrega de prêmios. E assim fez, voltou com calça de couro e colete personalizado para a entrega de prêmios.

RODEIO PARA QUEM GOSTA DE RODEIO

O Rodeio de Rio Verde é realizado durante a programação do Expo Rio Verde que tem o formato de realizar os shows na primeira semana e só o rodeio na segunda não perdeu a essência e o sucesso. Quinta-feira, dia clássico do rodeio, lotou mais uma vez, com capacidade máxima perto das 10 mil pessoas.

O problema da sexta-feira foi resolvido entre uma parceria com um supermercado. A empresa tem o nome de Supermercado Campeão, e a sexta-feira tem este nome. A cada R$100 em compra era dado um ingresso ao consumidor.

Parceria que, todo o ano eu digo, deveria ser copiada. Tem dado muito certo. Os camarotes sempre lotados, enfim, deixo para definir esse assunto uma frase de Almir Cambra.

“Quem nunca veio até Rio Verde não conhece o público apaixonado por rodeio”

DIRETOR E DIRETORIA

Não posso deixar de destacar o trabalho em conjunto do diretor de rodeio Lauro Dias, junto ao Sindicato Rural, que é presidido por Walter Baylão Júnior. Viajaram, pesquisaram, contrataram, investiram.

Esse conjunto em trazer o que há de melhor faz com que Rio Verde seja eternamente reconhecido como melhor rodeio em touros do Brasil

Uma das grandes melhorias realizadas pela direção do rodeio foi a questão de horário. Lauro Dias já havia me falado que este ano o horário não iria estourar e, assim foi feito. Pontualidade para começar e com horário para terminar, provando mais uma vez porque o rodeio de Rio Verde possui doze títulos do Troféu Arena de Ouro.

MARCONDES MAIA

Dono da Cia 2M, levou o título de melhor touro (Rei da Safra), melhor boiada e ainda melhor nota do rodeio, 93,00 pontos do touro Rei da Safra, empatando o recorde de arena.

O maior investidor dos últimos anos, venceu de forma merecida do rodeio de Rio Verde voltou para casa com todos os títulos possíveis.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1 – Ederson Oliveira – Ilha Solteira (SP)

2 – Luciano Castro – Guzolândia (SP)

3 – Kaique Pacheco – Itatiba (SP)

4 – Juliano da Rocha – Floreal (SP)

5-  Ailton Amorim – José Bonifácio (SP)

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar