Rodeio Nacional

Dois competidores venceram empatados a modalidade touros em Douradina

A FEPEINA – Festa do Peão de Douradina no Paraná, terminou com duas finais de tirar o fôlego.

O evento aconteceu entre os dias 06 e 09 de fevereiro e foi realizado pela Associação dos Agropecuaristas de Douradina presidida por Wiliam Custódio, vice-presidente Nicholas Martins de Mello, direção do rodeio Rodrigo Martins e Matheus Sossai

O recinto de rodeio Recinto de Rodeios Oswaldo Formighieri recebeu de volta, depois de quinze anos a modalidade Cutiano, rodeio em Cavalos.

E a expectativa foi exatamente a realidade da competição. Alto nível de competidores e muita dificuldade oferecida pelos animais da Cia Tito Cardoso

Na final somente dois competidores conseguiram vencer seus animais.

A vitória ficou Altamiro Lima dos Santos, de Deodápolis (MS)

“Todos nós da modalidade Cutiano estamos felizes com o retorno da modalidade em um grande rodeio como Douradina” Explica “Parabenizo a comissão por acreditar em nós, estou muito contente com a vitória, foi conquistada com muito esforço e contra grandes concorrentes e em animais difíceis”

O melhor animal da FEPEINA foi “Fera Goiana” da Cia Tito Cardoso com a média de 46,50 pontos.

“Foi um desafio fazer um rodeio dessa importância sozinho, mas graças a Deus conseguimos atender as expectativas “ Disse Nilton Cardoso

Pela modalidade touros, o formato de 2020 da FEPEINA trouxe de volta a final com cinco competidores e, um verdadeiro show dado pelos competidores com cinco paradas.

A disputa esteve tão equilibrada que dois competidores venceram empatados. Anderson de Oliveira, de Mundo Novo (MS), atual campeão da ACR – Associação dos Campeões de Rodeio e Daniel Batista de Inhumas (GO), atual campeão de Barretos.

“Já faz alguns anos que venho batendo na trave, e graças a Deus este ano consegui” Explica Anderson de Oliveira “Fiz uma boa temporada ano passado, e graças a Deus consegui mais essa vitória, de um rodeio que queria muito ganhar”

“Acredito de que depois de Barretos esta é a vitória mais importante da minha carreira, conseguir mais esse grande rodeio para meu currículo é algo muito importante, vencer Douradina é a realização de um sonho”

A melhor boiada do evento foi a Cia Máfia do Boi, com a média 44,21 pontos. O melhor touro foi “Netflix” da Cia Máfia do Boi com 44,21 pontos.

“Estamos vivento um novo momento aqui no Paraná com as boiadas só do estado, estamos começando um novo ciclo e uma vitória com essas nos dá muita motivação para e temporada” Explicou Betinho Tribulato “Agradeço essa comissão organizadora pela oportunidade e também a toda nossa equipe de trabalho que sem ela essas conquistas não aconteceria”

“O sucesso do evento se deve ao trabalho árduo de toda comissão organizadora, sem o empenho deles, nada disso seria possível, a presença do público e claro o apoio dos patrocinadores que são fundamentais para o evento” Explica o presidente Wilian Custódio “Já fica o convite a todos de 04 a 07 de fevereiro de 2021”

“Foi um ano desafiador, inserção de uma modalidade, trabalhar só com as boiadas do Paraná, porém, o resultado foi como esperávamos, tivemos um Cutiano retornando atendendo nossa expectativa” Explica o diretor de Rodeio Rodrigo Martins “As boiadas paranaenses não nos decepcionaram, proporcionando junto com os competidores uma final eletrizante, ficamos muito contentes com a competição de arena”

Resultados completos – http://bit.ly/312CCHf

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

[email protected]

Foto: Eugênio José

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar